Como viajar sozinha (insira aqui seu desejo)

Como viajar sozinha com segurança? Como viajar sozinha sem gastar muito? Como viajar sozinha pela Europa? Como dar uma volta ao mundo sozinha?

Viajar sozinha, com o sujeito feminino, parece muito mais desafiador do que na verdade é.

Sim, o mundo tá cheio de machismo e perigos para as mulheres, eu sei. Eu me preocupo com isso e tomo meus cuidados. Mas eu juro que na prática é fácil. E porque eu digo isso? Para ajudar você, que está aí do outro lado, sonhando com um roteiro solo, mas que tá cheia de crenças de que é muito difícil e arriscado.

Eu só quero lembrar que a primeira mulher a visitar TODOS OS FUCKING 196 PAÍSES DO MUNDO, a norte-americana Cassie De Pecol, de 27 anos, fez isso sozinha. Sim, ela esteve em todos os países reconhecidos pela ONU, inclusive aqueles que estão vivendo conflitos e que até os homens viajantes tem receio de ir.

Se a Cassie conseguiu, você também consegue, meu amor. Você é um ser humano composto da mesma matéria que ela.

Eu estou na estrada há cinco meses e tenho conhecido várias mulheres, de idades e nacionalidades diferentes, que também estão viajando sozinhas. Ainda assim, embora pareça comum, eu me sinto um pouco perturbada no quanto essa escolha ainda parece chocar as pessoas.

Eu escuto sempre as mesmas coisas: Brave! Alone? By yourself? Why? (Brava! Sozinha? Por conta própria? Por quê?). Em Budapest uma jovem hungara me surpreendeu com um: “I´m sorry”. Como se a maior realização da minha vida fosse uma tragédia. Mas no filtro que ela usa para olhar a vida, é muito triste estar sozinha…

O fato é que, quando me perguntam o motivo, hoje eu digo que é porque eu quero e porque eu posso.

Eu achava que iria viajar sozinha para curar meu coração. Mas no trajeto eu descobri que queria mesmo era conhecer quem eu sou de verdade. A cura vem de brinde quando você se abre para você mesma. E aqui está a chave para a principal pergunta que todas nós devemos fazer antes de iniciar qualquer jornada: como viajar sozinha em boa companhia?

Confuso? Eu explico.

Seja uma volta ao mundo, ou um fim de semana no Guarujá (só pra usar um destino que todas as brasileiras podem entender), é necessário estar disposta a estar consigo mesma. Aturar sua própria companhia. Aturar, porque as vezes a gente não é fácil nem pra gente.

Enfim, viajar sozinha vai te fazer se gostar mais. Eu diria que você corre o risco de se apaixonar. Eu ando caidinha de amores por mim mesma.

Qualquer mulher pode viajar sozinha, eu repito. O blog viajando comigo mesmo me inspirou a iniciar a minha jornada e me mostrou que é possível.

Ah, tem que ter dinheiro para viajar sozinha, para conseguir transporte e pouso com segurança. Isso é só uma opinião. A internet tá cheia de blogs de mina que se aventurou pelo mundo de carona, a pé, de bicicleta, trocando trabalho por comida e pouso. Todas vivíssimas e super realizadas.

Requer muito planejamento?

Olha, com planejamento é muito melhor, com certeza. Mas eu não sou fã de planejar as coisas, então primeiro eu comprei a passagem. E tem sido assim. Eu acho uma passagem, uma rota, uma lógica, e vou. Vou sozinha. Vou comigo mesma. Eu só vou. Tudo depende do seu perfil de viajante.

O fato principal é que viajar sozinha tem transformado o meu universo completamente. É clichê, mas é verdade. Ninguém volta o mesmo depois de um mergulho em si mesmo.

Eu estou preparando um conteúdo sobre hospedagem segura para mulheres que viajam sozinhas e em breve vou colocar o link aqui. Por hora, a dica de segurança que eu dou é: mantenha alguém sempre informado do seu paradeiro.

Eu tenho um grupo no whastapp onde mando endereço e contato de cada lugar onde vou me hospedar, como vou chegar lá e quanto tempo vou permanecer. Quando algo muda, eu aviso o grupo. Além disso, eu salvo o telefone e endereço da embaixada brasileira em cada lugar que chego. Fica a dica.

Já que eu não posso prometer prazo, até a publilcação do post sobre hospedagem segura, deixe seu comentário me contando seu maior medo ou sua maior dúvida sobre o tema. Pode ser a mesma questão de muitas mulheres e a gente pode se ajudar.

9 Respostas para “Como viajar sozinha (insira aqui seu desejo)”

  1. Bom dia Paula! 🙂
    Teu blog está ficando ótimo! Já fico ansiosa pela próxima postagem!
    Eu tive uma pequena experiência sobre viajar sozinha, antes de casar eu decidi que iria fazer minha viagem pro Canadá. Foi um intercâmbio, fiquei em residência estudantil e fiz muitos amigos, mas ainda assim foi uma viagem sozinha, pois eu tomava as decisões por mim, eu tive que me virar com aeroporto, imigração, voo cancelado, e ainda consegui ajudar pessoas! E o que eu mais guardei dessa viagem foi o auto-conhecimento.
    Muito obrigada por compartilhar conosco!

    • Não me perguntaram em nenhum país ainda… Mas geralmente eu tenho o endereço de onde eu vou ficar. A minha dica é estar sempre segura de que vc está fazendo a coisa certa. Energia é algo que se pode sentir. E esses caras da imigração sentem quando a pessoa tá fazendo merda, qdo tá com medo. Eu sempre falo a verdade da minha viagem: Tô dando uma volta ao mundo sozinha. Tenho meu seguro viagem comigo e os vistos em dia. Não há o que temer quando você está fazendo tudo certo e com boa intenção.

  2. Débora Pereira

    Ai, que legal ler tudo isso! É inspirador. Venho seguindo várias mulheres viajantes, inclusive sou seguidora do Viajando Comigo Mesma – foi através da Quésia que te conheci. Moro em Recife e já viajei sozinha para três capitais aqui no Nordeste mesmo, porém para fazer provas de concurso, não desbravar os lugares. Já foram bons passos que dei, mas sinto que ainda não atingi o meu objetivo. Quero, e vou, fazer minha viagem solo em breve, já estou me organizando para isso. Mas, o receio que ainda tenho quando penso em conhecer outros países, além da questão da segurança, é o problema com o idioma. Já fiz um curso de espanhol, acredito que consigo desenrolar essa parte. Mas, o inglês, esse não sei nada mesmo. Já tentei fazer curso, mas não consegui aprender de fato e acabei desistindo… Eis a pedra no meu caminho!

    • Débora, se vc quer aprender inglês, diga EU VOU APRENDER. Desbloqueie sua mente. Eu viajei a primeira vez para os Estados Unidos sabendo falar o basicão. My name is Paula and the book is on the table… hahaha Google Translator tá aí no smartphone pra ajudar qualquer viajante. Imergindo na lingua vc destrava rapidinho. Todo dia vc aprende uma palavra ou expressão nova e qdo percebe, tá falando. Eu não sou super fluente me inglês, mas consigo me comunicar, não me importo de ter a gramática perfeita, quero ser entendia e entender. aos poucos estou melhorando muito.

  3. Estela Vilas Boas

    Olá, tudo bem? Minha maior questão sobre iniciar uma jornada (pra quem gosta de planejar pelo menos as primeiras rotas ou pra quem nunca viajou), É, como se sustentar na estrada? Quais são as sugestões ou possibilidades? Obviamente não dá pra estipular um valor, visto que as pessoas tem condições financeiras diversas, mas partindo do ponto que você precisa guardar um dinheiro (uma hora esse dinheiro acabará), então como gerar mais renda para continuar na estrada, você poderia deixar alguma dica baseada em sua experiência?
    Beijos,
    Estela

    • Estela, eu tenho um limite de gasto total para a minha viagem e uma reserva de emergência. A realidade de cada viajante é diferente. ALguns tem renda mensal, alguns juntam um dinheiro para isso e outros vão na cara e na coragem com o que tem. Eu tinha um dinheiro guardado e uma pequena renda mensal. Quem viaja por um longo periodo normalmente tem um teto de gastos diários (é o meu caso). Tem dias que gasto mais do que o teto, seja por que comprei uma passagem aérea, ou tive que reservar um hostel, então, nos outros dias o teto de gastos diminui. E pra economizar a gente faz malabarismo, compra comida em mercado pra fazer no hostel ou na casa do anfitrião, anda muuuuito à pé pra não gastar com transporte público… Os gastos de um viajante são basicamente: passagens, hospedagem e comida. E aí tem que ter criatividade, pesquisar muito as opções de transporte entre as cidades que vc precisa se deslocar, buscar hospedagem alternativa etc.

Deixe uma Resposta