Perdoe-se. Sua mente está fazendo o melhor que pode

Eu quero te contar uma coisa. Sua mente é um supercomputador planejado para te proteger. Você já percebeu como seus braços se movem automaticamente quando você sofre uma queda? Quando você estiver vendo um jogo de futebol, repare na queda de algum jogador. Quando ele cai para frente, as mãos vão ao chão antes do […]

A zona de esforço tem infinitas possibilidades para ser feliz

Ame a zona de esforço que o perrengue dá. Quando se vê sem saída, sua mente se força a encontrar alternativas e você aprende exponencialmente. Há algum tempo atrás eu assisti a um vídeo da Paula Abreu em que ela dizia: “ame o perrengue”. Eu logo disse pra mim mesma: não mesmo, meu anjo. Se […]

Memórias da menina que mora em mim

Por volta das 11h15 da manhã do dia 13 de junho de 1981, a Eleni deu à luz a menina Paula na cidade de Curitiba, capital do Paraná, no Brasil (breve agradecimento porque eu amo ser brasileira). Paula veio ao mundo por parto normal, e essa deve ser uma de suas primeiras memórias inconscientes fora […]

Perca um pouco do controle e deixe a vida te surpreender

Perca o controle e pare de querer encaixar seus sonhos na caixinha das suas crenças e dos seus julgamentos. A vida pode te surpreender de diversas maneiras se você simplesmente parar de querer determinar como as coisas devem acontecer. Eu sei, não é fácil. A gente vem com esse sistema e começa a achar que, […]

A Bahia e o descobrimento do amor próprio

Hoje eu quero te contar sobre a liberdade do amor próprio. A Bahia me amou porque eu me amei também. É textão, sim, mas é lindo. Eu esqueci de programar o despertador para aquela madrugada de 22 de fevereiro. Meu voo do Rio para Porto Seguro era às 7h30 da manhã, eu deveria estar no […]

Como viajar sozinha (insira aqui seu desejo)

Como viajar sozinha com segurança? Como viajar sozinha sem gastar muito? Como viajar sozinha pela Europa? Como dar uma volta ao mundo sozinha? Viajar sozinha, com o sujeito feminino, parece muito mais desafiador do que na verdade é. Sim, o mundo tá cheio de machismo e perigos para as mulheres, eu sei. Eu me preocupo […]

Viagem em mim mesma ou, toda morte é um nascimento

Era alto verão no Rio de Janeiro quando eu morri. Eu estava feliz naquela segunda-feira de janeiro. Havia acabado de voltar do médico e tinha em meu ventre cerca de 14 óvulos prontos para serem fecundados. Tudo o que precisava ser resolvido antes da mudança para Belém do Pará estava resolvido. Faltava apenas voltar das […]